Notícias »

Atualizado em 10-07-2018 às 10:40:48

Governadora Cida Borghetti anuncia estudos para curso de Medicina na UENP em Cornélio Procópio

 


Ela inaugurou o primeiro monumento “Mapa Paraná”, construído no interior do estado pelas Secretarias de Desenvolvimento Urbano e Educação

Em solenidade realizada recentemente, a governadora do Paraná, Cida Borghetti anunciou a sequência das tratativas para a implantação do curso de medicina neste município. Acompanhada do prefeito Amin Hannouche, dos Deputados Federal Alex Canziani e Estaduais Luiz Cláudio Romanelli e Evandro Junior, da vice-prefeita Angélica Olchaneski de Mello, prefeitos da Amunop e convidados, a governadora previu que, em 40 ou 50 dias, o Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, já terá concluído os estudos que viabilizam o funcionamento do curso, com vestibular previsto para início de 2019 e início das aulas no segundo semestre desse ano. Cida Borghetti foi incisiva no anuncio dos estudos. “Estou muito atenta à parte jurídica dessa questão e não estaria aqui hoje se não tivesse a certeza absoluta de que é possível viabilizar o curso para esta região do Estado, abrindo quarenta novas vagas para acadêmicos desse curso”, esclareceu a governadora. Assinaram o documento com a governadora Cida Borghetti, o prefeito Hannouche e a Magnífica Reitora da UENP, Fátima Padoan. Durante pronunciamento, Cida Borghetti destacou que a Organização Mundial da Saúde, indica que, para cada mil habitantes, devem existir pelo menos quatro profissionais médicos. Atualmente na região, este índice está muito aquém dessa exigência, chegando apenas a 0.92, o que justifica a demanda para a instalação do curso. Ela afirmou que o Curso de Medicina estará sob responsabilidade da UENP, no Campus Cornélio Procópio , recebendo todo apoio da Governadora, dos Deputados e toda sua equipe. Sobre a “proibição” do Ministério da Educação e Cultura na criação de cursos de medicina em todo país, a governadora se baseou no fato que o MEC diz não ter competência para interferir nas Universidades Estaduais. A decisão da governadora só foi tomada após um detalhado estudo entre a instituição de ensino e o governo do estado para evitar uma interferência de Brasília. Em resposta a questionamentos sobre a criação de novos cursos de medicina, o Ministério da Educação informou que o MEC não tem poder para impedir, apesar da portaria publicada em abril proibindo novas escolas. “Trata-se de instituições públicas estaduais, onde o Ministério da Educação não tem competência para atuar”, diz a o ofício. Na nota, o MEC também reforça a portaria que suspendeu a criação de novos cursos de Medicina. “Fica suspensa por cinco anos a publicação de editais de chamamento público para autorização de novos cursos de graduação em Medicina, nos termos do art. 3º da Lei nº 12.871, de 22 de outubro de 2013, e o protocolo de pedidos de aumento de vagas em cursos de graduação em Medicina ofertados por instituições de educação superior vinculadas ao sistema federal de ensino”, diz a portaria 328 do MEC, publicada no Diário Oficial da União em 6 de abril. O “sistema federal de ensino” compreende, por lei, as instituições federais de educação superior, as instituições de educação superior criadas e mantidas pela iniciativa privada e os órgãos federais de

educação superior, o que excluiu as universidades estaduais. Ela também participou da inauguração do monumento “Mapa do Paraná”, construído o interior na Praça Brasil. Este foi o primeiro mapa inaugurado no interior. Milhares de pessoas já visitaram o monumento desde sua inauguração. O projeto tem o apoio da Copel Telecom e das Secretarias de Desenvolvimento Urbano e Educação. A governadora assinou convênios com as prefeituras de Santa Amélia, Sertaneja e Cornélio Procópio, onde o Hospital Regional também receberá recursos. O prefeito Amin Hannouche, presidente da Amunop – Associação dos Municípios do Norte do Paraná enalteceu o empenho da governadora Cida Borghetti, do Secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Décio Sperandio, dos deputados Federal Alex Canziani e Estaduais Luiz Cláudio Romanelli, da Reitora da UENP, Fátima Aparecida da Cruz Padoan e toda sua equipe acadêmica e todos que direta ou indiretamente participam deste projeto. O prefeito procopense presenteou as autoridades com um “Certificado de Reconhecimento” e uma “Medalha dos 80 Anos de Cornélio Procópio”. “A todos que nos auxiliam neste projeto, o reconhecimento da comunidade procopense e de toda a região, que será beneficiada com este curso de Medicina na nossa UENP. É o Norte Novo e Pioneiro sendo reconhecido pela governadora Cida Borghetti e sua equipe administrativa. Obrigado pela presença e pelo apoio”, concluiu o prefeito Amin Hannouche.

FONTE: Comunicação/Prefeitura



Envie seu comentário »

Copyright © 2012 Agita Cornélio (43) 9959-9951 / 9978-9817 - Direitos Reservados. - Desenvolvido por: AbusarWEB
Online: